Resumo de A menina de ouro. Indicado a 5 Globos de Ouro e 7 óscares da Academia, incluindo Melhor Filme do Ano, Million Dollar Baby foi muito aclamado pela crítica e recebeu excelentes críticas do público. O diretor Clint Eastwood, cuja carreira abrange várias décadas, em Hollywood, cria talvez seu melhor filme até à data, e com o objetivo de atribuir Morgan Freeman (Shawshank Redemption) e Hilary Swank (Boys Don’t Cry) para iluminar a tela com seus úteis representações de personagens e seu carisma único. Combinando toda a inspiração de Rocky com todo o drama de uma tragédia grega, Million Dollar Baby merece a vitória na categoria Melhor Filme (apesar de muitos protestos dos diretores que competem entre si e que pensam que o Filme ganhou com base na nostalgia por sua anunciada carreira e a sua simpatia pessoal).

Resumo do Filme – Menina de Ouro

resumo-do-filme-menina-de-ouroMillion Dollar Baby se concentra o cargo de diretor de boxe de pele dura Frankie Dunn (Clint Eastwood), dono de um ginásio de treinamento, local que durante muito tempo esteve longe de sua filha solteira e parece ter apenas um amigo de interesse: Eddie “Scrap-Iron” Dupris (Morgan Freeman). Eddie vive e ajuda a lidar com o ginásio, e foi um dos lutadores de Frankie. Com Little Big Willie (Mike Colter, que uma vez apareceu no serviço de Urgência, sob a direção de Frankie, o ginásio abriga os treinos diários de um concorrente legítimo ao título de peso pesado. Mas a relutância de Frankie para fazer avançar a Big Willie o leva a mudar para um gerente menos conservador, e Frankie deve ver que os seus anos de trabalho duro vale a pena para outra pessoa. Enquanto isso, Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), de 30 anos de idade, reuniu os centavos e moedas de cinco centavos necessários para treinar no ginásio, diariamente. Apesar do conselho de Frankie de deixar de fazer o ridículo, toma emprestado o equipamento de Eddie e se exercite até altas horas da noite.

Com Big Willie fora de cena, Frankie finalmente enfrenta a Maggie e aceita fez. Com o tempo, os dois desenvolvem uma relação semelhante à de pai e filha. Maggie sobe nas linhas do circuito feminino, até que chega a luta pelo título, onde um golpe baixo leva a consequências trágicas… Com profundidade emocional e personagens coloridos, Million Dollar Baby traz um dos temas mais controversos da sociedade moderna, de vanguarda para uma visão próxima e pessoal do conflito e da luta experimentada pelas vítimas de trauma e seus entes queridos. A atuação de Hilary Swank, vencedora do Oscar, está à vista de todos, e Morgan Freeman é a sua habitual presença hipnotizante.

Ao final, Million Dollar Baby venceu vários filmes excelentes para ganhar o Oscar de Melhor Filme – Finding Neverland, Ray, Sideways e The Aviator (o que levou o diretor Martin Scorsese a fugir da cerimônia de entrega do prêmio bravo). Pode-Se argumentar a favor de cada um desses filmes, mas escusado será dizer que a vitória de Million Dollar Baby é muito indicativa do valor duradouro do filme. Cada um dos personagens principais se mostra simpático, as relações são credíveis e a história é inspiradora e tocante. Million Dollar Baby é um daqueles raros filmes que ficam na sua cabeça durante horas e horas depois de ter saído do teatro. Seu tema é tema de debate, e poucos espectadores não vão conseguir desenvolver uma forte ligação emocional com Eastwood, Swank e Freeman, à medida que ganham vida na tela grande. Em poucas palavras, Million Dollar Baby é um dos melhores filmes da década e uma que você não vai querer perder.

Veja lista de resumos e resenhas de outros filmes aqui.